domingo, 25 de novembro de 2012

# Se eu fosse um dia o teu olhar



E é como observar uma nova alma a amadurecer. Um novo rebento de vida. O amor certamente também é vida. E nada é mais belo do que pressentir algo de especial, algo que sem querer nos aquece o coração, algo que nos faz esboçar um sorriso e nada sabemos explicar. É isso mesmo. Inexplicável. Algo que intrepidamente nos assoma por completo sem fazemos ideia do que foi mas algo que não tememos pois sentimos que é inócuo. Algo genuíno, algo que quase que passa despercebido mas segundo após segundo vai despertando em ti algo que não consegues definir, levanta multidões de pequenos sentimentos que se revolvem e emaranham nos teus pensamentos, ínfimas sensações que te vão moldando as reacções. Sem conseguires controlar, estás a ficar arrebatada e só resta saber uma coisa. Será desta que baixarás a guarda? Será desta que enfrentarás sem medos o que vem a seguir?

2 comentários:

Hayley S. Logan disse...

Eu digo mais uma vez: gosto muito da tua escrita e do que escreves! *-* Tens um selo no meu blog para ti! :D beijinhoo!

łnn Gray disse...

Foi de facto incrível ahahah :D A cara deles a abrir as prendas...
Oh, gostei tanto deste texto... A forma como o descreves, tão intrínseco a ti própria... É muito intenso :)
Beijinho, Stay Awesome*